Vitória! Esta campanha foi encerrada há 1 ano

NÃO ao novo aumento nas Barcas!

No ar há mais de 1 ano em Transportes e Trânsito
NÃO ao novo aumento nas Barcas!

Atualização: A mobilização nas ruas e na rede fez com que o governador revogasse o aumento da tarifa.


Na última semana, uma notícia do Jornal O Fluminense anunciou o que já pode vir a ser a pior notícia de 2013 para os Niteroienses: O preço da tarifa das Barcas na travessia Rio-Niterói poderá sofrer um novo aumento!

Segundo o Jornal, a nova concessionária, CCR, que é a mesma que controla os serviços da Ponte Rio-Niterói, pediu à Agência Reguladora de Transportes (AGETRANSP) uma revisão na tarifa de 6,66%. O preço das passagens passará de R$4,50 para R$4,80!

O maior absurdo é que há menos de um ano um aumento de 60% chocou a população do estado do Rio que precisa utilizar as Barcas como transporte e não vê nenhuma melhoria na infraestrutura do serviço.

O aumento desse ano é baseado no IPCA, índice econômico determinado pela Secretaria Estadual de Transportes como base dos reajustes anuais que são previstos no contrato.

A revisão pode ser baseada em índices econômicos e estar prevista no contrato, mas nós, usuários das Barcas, não vamos admitir que outro aumento aconteça enquanto não houverem sinais de melhorias significativas nas estações e embarcações.

A foto acima é da última quinta-feira e mostra o caos que se tornou o serviço das Barcas quando a demanda aumenta: Filas intermináveis, acidentes nas embarcações, embarcações lotadas e atrasos imprevistos.

EXIGIMOS que a AGETRANSP cumpra o seu papel em garantir que o usuário não seja prejudicado no processo de determinação de preços!

As Barcas vêm sendo um problema há muitas décadas. Uma CPI na ALERJ já foi instaurada e constatou dezenas de irregularidades e descumprimentos nos contratos. A nova concessionária prometeu muitas melhorias, mas não aceitaremos pagar um centavo a mais enquanto essas melhorias não existirem.

Pressione e compartilhe!

Veja a notícia do Jornal O Fluminense

Veja o vídeo onde o Deputado Estadual Marcelo Freixo conta sobre a possibilidade do aumento:

Veja o vídeo onde o Deputado Estadual Gilberto Palmares fala sobre as irregularidades:

Deixe seu comentário